O encerramento do ano letivo ainda esse mês e a paralisação do transporte escolar dos alunos, por causa da falta de recursos financeiros, foram algumas das propostas discutidas com prefeitos da microrregião do Alto Rio Pardo, durante reunião nessa terça-feira, 7, na cidade de São João do Paraiso. O prefeito de Januária, Marcelo Felix, presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), participou do encontro, atendendo ao convite da prefeita Mônica Cristine Mendes. Ainda apresentaram as propostas de paralisarem as atividades por até 10 dias e fecharem a BR 251, como forma de protesto pela crise financeira pela qual os municípios estão sendo submetidos pela retenção indevida de recursos pelo governo do Estado.

Os prefeitos se reuniram naquela cidade como forma de apoio a prefeita, que na semana passada foi alvo de protestos organizados pelos servidores municipais. A Amams entende que esse tipo de protesto tem que ser realizado contra o Estado, que reteve aproximadamente R$ 9,4 bilhões dos municípios mineiros, deixando-os sem recursos para honrar compromissos financeiros.