A iniciativa da proposta surgiu após uma reunião entre o deputado Tadeuzinho e produtores do Projeto Jaíba, promovida pelos prefeitos da Jaíba, Reginaldo Silva e de Matias Cardoso, Edmárcio Moura Leal. Somente no Projeto de Irrigação do Jaíba cerca de 400 produtores podem ser beneficiados por esta Lei segundo o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Jaíba e Matias Cardoso, Dalton Londe Franco Filho, para quem a renegociação poderá dar um novo fôlego à produção, já que centenas de produtores estão tendo de se desfazer do capital e reduzir em Repercussão na economia regional pregos e investimentos para conseguir pagar as parcelas. Ele explica que o problema foi causado pelos prejuízos que os agricultores acumularam em anos seguidos de estiagem. “Não estamos nos negando a pagar e muito menos estamos solicitando perdão de dívidas. Queremos somente ter o mesmo tratamento que produtores do Nordeste tiveram e assim termos capacidade para desenvolvermos nossa atividade, gerando emprego e produção”, explica um trecho da carta entregue pelos produtores ao deputado.

O deputado destaca a importância do Projeto Jaíba para a economia regional e mineira, já que ele possui atualmente 12 mil hectares plantados de fruticultura e olericultura e gera cerca de 10 mil empregos diretos. “Por isso a necessidade de atender a esta importante demanda das lideranças e dos produtores de Matias Cardoso e Jaíba, que vai beneficiar também centenas e centenas de outros produtores rurais do Norte de Minas e Vales do Jequitinhonha e Mucurí”, destaca o parlamentar.