A meteorologia está prevendo mais chuvas para Montes Claros nos próximos dias e o período chuvoso deverá ser de consideráveis precipitações até março, mês das águas. Além disso, altas temperaturas devem continuar sendo registradas. Como todo mundo sabe, o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela, adora água parada e calor. Por isso, todo cuidado é pouco. Entretanto, parte da população não está nem aí para os riscos e segue desovando lixo em qualquer lugar, criando ambientes propícios para o surgimento de focos do mosquito.

É o caso de um lixão formado na beira da Avenida Governador Magalhães Pinto, no Bairro Alcides Rabelo, contendo vários recipientes que podem acumular água das chuvas e virar morada do inseto. Vale lembrar que o último Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes Aegypti (LIRAa), realizado em Montes Claros, em outubro, apontou um índice de 3,5%, considerado de médio risco de epidemia. Porém, devido à falta de educação de parte da população, os riscos podem aumentar e muitas pessoas contraíram algum tipo de doença transmitida pelo Aedes.