Um homem de 36 anos, que estuprou seis mulheres na cidade de Guanambi/BA, foi preso pela Polícia Militar, em Mato Verde, na manhã dessa quarta-feira (23/1). Cinco vítimas do maníaco sexual eram casadas e duas estavam grávidas. O tarado tinha sido preso em outubro do ano passado, mas acabou conseguindo escapar da cadeia, no último dia 16, após quebrar uma grade de ferro da cela. Entretanto, o foragido da Justiça de Guanambi acabou sendo recapturado e trancafiado no Norte de Minas. O falso evangélico, que andava sempre com uma Bíblia debaixo do braço e freqüentava igrejas, passou por várias cidades da região, onde praticou furtos e roubos.

Nos crimes sexuais, ele utilizava o mesmo modus operandi. É considerado um sujeito perigoso. "As investigações apontaram que ele era o autor dos crimes cometidos em Guanambi. Foi reconhecido por todas as vítimas e também apresentamos provas técnicas que confirmaram a autoria", explica o delegado responsável pelas investigações, Gian Carlo Giovane Soares. Cinco das mulheres estupradas, segundo o delegado, eram casadas e os crimes foram cometidos com as mesmas características.