Diferentemente da última rodada, quando utilizou Victor, Réver e Adilson, o técnico Levir Culpi deve preservar o time titular completo do Atlético. Até mesmo jogadores como José Welison e Maicon Bolt, reservas que entraram no empate com o Danubio, no Uruguai, devem ficar de fora do jogo contra a Caldense, neste sábado, às 16h30, no Estádio Ronaldo Junqueira (Ronaldão), em Poços de Caldas. Ocupando a terceira colocação do Campeonato Mineiro, com 10 pontos, um a menos que América e Cruzeiro, o Atlético busca a liderança, mesmo com o time reserva e torcendo por tropeços dos rivais. O treinador explicou o planejamento.

“Está sob controle, os jogadores estão equilibrados. Estamos com um ambiente bom de trabalho. Temos quase 40 jogadores e tentamos utilizá-los. Vamos para Poços de Caldas e uma parte ficará treinando. Fica dividido assim. É um pouco atípico. Mas é o que se pode fazer com o calendário. Estamos tentando fazer o melhor. Estamos controlando bem. Só tivemos um problema inevitável, que foi o que aconteceu com o Blanco, a maior decepção nossa até o momento. No finalzinho do treinamento, ele prendeu a chuteira na grama e torceu o joelho. Lamentamos isso, mas faz parte do nosso trabalho”, disse o treinador, completando.