O Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais recebeu, na Reunião Ordinária dessa quarta-feira, 6, mensagens do governador Romeu Zema, do Novo, encaminhando dois projetos que integram a proposta de reforma administrativa do Estado.

O Projeto de Lei (PL) 367/19, que tramitará em regime de urgência, ou seja, com prazos regimentais reduzidos à metade para dar celeridade à sua análise, estabelece a estrutura orgânica do Poder Executivo. Entre as modificações sugeridas, estão à redução das atuais 21 secretarias de Estado para 12, o enxugamento da estrutura interna das secretarias em 47% e a extinção de 16% dos cargos em comissão, gratificações e funções gratificadas.