O Ministério de Desenvolvimento Regional e a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), realizaram videoconferência, na última sexta-feira, em que abordaram prazos, tramitação e posição atual do processo de construção do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), em elaboração pela autarquia. No final de 2018, uma das etapas desse trabalho foi à definição, por parte da autarquia, de uma agenda estratégica focada no fortalecimento das redes de cidades intermediárias, que são vistas como âncora para os sistemas inovativos e produtivos locais da sua área de influência.

Já a agenda de convergência prevê que sejam direcionados esforços para a competitividade e a qualidade de vida, priorizando temas como semiárido; cultura; água e saneamento; segurança; saúde; educação; infraestrutura; ciência, tecnologia e inovação