O governador Romeu Zema, do Novo, e o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Germano Vieira, receberam nessa quarta-feira (7/8), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, lideranças dos órgãos ambientais das 27 unidades da federação, durante a 90ª reunião ordinária da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema) – presidida pelo secretário mineiro. Entre os destaques do encontro, a discussão sobre o projeto da Lei Geral de Licenciamento Ambiental e o lançamento do Sistema de Consulta de Decisões de Processos de Intervenção Ambiental em Minas Gerais. 

Romeu Zema, que participou da abertura da reunião, destacou o trabalho de sua gestão na desburocratização de processos administrativos, gerando eficiência, desenvolvimento, emprego e renda, sem prescindir das análises técnicas necessárias. “Nossa proposta é de simplificar, não só na área ambiental sem perder a qualidade técnica, como na área tributária também, pois Minas se tornou um Estado extremamente complexo”, afirmou, citando como exemplo o Norte de Minas, onde, por suas características naturais, os produtores rurais encontram uma série de restrições para expansão de suas atividades em razão de mapas federais que não condizem mais com a realidade local e regional. 

O governador ainda ressaltou a importância que os órgãos ambientais têm para o desenvolvimento do país. “Em alguns momentos, os órgãos ambientais foram usados como órgãos políticos, ideológicos. Precisamos mostrar que são órgãos técnicos e caminhar no sentido de ficarem imunes a essas interferências, fazendo com que eles amadureçam e tenham a credibilidade necessária”, afirmou.